Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Á procura...

 

Estou a tua espera onde estás?

Sinto-te mas não te encontro... Vagueio a noite... Procuro-te... Olho a volta... nada... só a escuridão e a Lua minha guia fiel que me dá forças para continuar a procurar-te...

Sento-me no chão...

Está frio...

Meu vestido branco suja-se... não me importo... Pouso  a rosa negra enebriada com o teu perfume sobre o branco... Fecho os olhos... uma lágrima cai... No meu intimo ouço-te... o teu respirar! Sinto-te... o teu toque!

Vêm não desistas de me procurar por favor.... Vem até ao limite pois eu conseguirei lá chegar... Não te vou abandonar... Não vou desistir de ti... de mim... 

Dá-me a mão...

Daqui pouco estaremos juntos nesta caminhada... voaremos os dois... numa paz infinita...

 

Começa a chover... a visibilidade diminui cada vez mais... Arrisco... Continuo... se cair será o fim mas quero-te e isso é mais forte que a minha vida...

 

Um toque na mão... Paro! Volto-me e nada...

Um toque sobre os cabelos... Dou mais uma volta e......... nada!

Devia ser a chuva, o vento a enganar...

Baixo a cabeça de tristeza com o engano...

Abro os olhos uma pegada mesmo a minha frente... Antes de me virar com esperança sinto um frio nas costas descobertas, no pescoço... Fecho os olhos... Aquele frio envade-me a cara... Viro-me sem abrir os olhos...  Meus lábios sorriem... És tu!!

 
 

Blueye:

blueye às 20:48
| Comenta
|
6 comentários:
De Sonhosolitario a 18 de Dezembro de 2009 às 22:47
olá minha doce amiga Blueye
mas que lindo poema, só que muito sentido com muita tristeza nele, tem fé.
tu vais ser feliz o amor vai ao teu encontro não desesperes, querida tens um lindo coração e o amor vai ir ao teu encontro.
desejo-te um feliz natal,com toda felicidade deste mundo.gostei muito de te ler.
doce beijinho


De blueye a 18 de Dezembro de 2009 às 23:15
nao tou desesperada amigo...


De Sonhosolitario a 24 de Dezembro de 2009 às 08:28
olá amiga blueye
desejo-te um feliz natal
para ti e toda familia
doce beijinho
sonhosolitario


De blueye a 24 de Dezembro de 2009 às 15:49
oi amigo,... brigado


De Antonio Carneiro a 4 de Janeiro de 2010 às 03:11
ANOITECER


Anoitece...
sinto o escuro envolver-me lentamente
como se dia não houvesse...
estou desolado e só novamente
porque de mim mesmo me perdi...
sinto esta ansia de me encontrar
deixa-me ver para além de ti
o rosto dos meus sonhos que eu sonho amar...
sê a razão da minha razão...
sê a razão da minha loucura...
não quero ficar perdido na solidão
como me perdi em ti ó noite escura...
maldita escuridão esta que me fere
rasgando minha lucidez a golpes de sabre
nem sei mais o que o coração prefere...
se indeciso por timidez
ou decidido porque és só tu quem o abre...
deixa que te ame assim por tudo e por nada...
que por te amar assim eu sou feliz...
embora minha boca permaneca calada
meu coração sente o que a minha voz não diz...
Amanhece por fim uma vez mais
mas não estás aqui deitada a meu lado...
teu cheiro e teu toque que eram tão reais
desvanecem-se por eu sonhar acordado...
partiste e nem voltas amanhã...
mas a tua imagem vai permanecer...
meu grito é rouco e minha revolta é vã
porque sozinho, espero de novo pelo anoitecer!


De allungamento del pene a 21 de Maio de 2010 às 10:07
o que um bom blog! Eu não falam Português bem, mas eu posso entender quase tudo


Comentar post

mais sobre mim...


ver perfil

seguir perfil

. 11 seguidores

pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

meus últimos posts

Deixa-me ir...

O Sonho de uma noite de V...

Sensações

....

Á procura...

Um pouco de Blueye...

Meu Sonhador...

Outra vez....

A dor Voltou...

Um ano...

arquivos

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

subscrever feeds