Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

Morte

 

A morte,
Que tanto desejo...
Morte,
Que tantos receiam...
Palavra temida,
Desejada...
Formada por ódio por ódio,
Receio,
Arrependimento,
Tristeza, e amor.
Por quê amor?
Acredita mesmo que o mundo é rosa e todos somos felizes?
Como és tolo.

Existem demônios,
Existem anjos,
E, existem humanos.
Não sei qual temer.
Demônios com sua malícia,
Anjos com sua pureza, ou
Humanos com seu "poder".

Temo a mim mesma.
Tenho malícia,
Tenho pureza,
Tenho poder.
Poder de controlar aqueles que vivem em minha volta,
e fazer o mundo parar, e girar em minha volta.

Mas, anseio a morte.
A escuridão me dominou,mas.
Palavras são apenas palavras.
Elas não têm poder,
Não para mim.
Quero ação, não discursos, sem fins.

Quero ver sangue jorrar,
E cabeças a rolar.
Meu espírito anseia por companhia.
Solitário e entorpecido.
Desmaia sobre a água.
Pede por socorro.
Atendo rapidamente com as mãos sujas de amor.
Recém nascido.
Mas, afogueia, a vida é traiçoeira.
Meu espírito morreu.
Mas, e o teu?
Não agüento mais,
Talvez seja amanhã,ou semana que vem.
Talvez não.
Mas, um dia a morte chegará
Então,para que lutar?
Se todos vamos morrer.
Todos querem vencer, tornar-se poderosos,
todos vão para mesma porra de lugar!
Um dia, todos morreremos, então para que esperar?


blueye às 15:24
| Comenta
|

...

nao xei k dixer, k faxer nem k penxar...
apetexiame xair daki xem dextinu... dextinu exe k ia xer ond ox meux pex m levaxem... nao ia ver d ti poix eu xei ond tax... ia enkontrarme a mim... ond eu fikei perdida n tempo, n indiferenxa, n friexa... ia libertar dexta dor... ia matala... ou matarme a mim... ixu logo x via.... mx x alguem m enkontraxe morta keria ir vextida d branko e xer enterrada ond m enkontraxem poix foi ai k tb m enkontrei....

By Blueye

Blueye: perdida

blueye às 15:10
| Comenta
|

Voltando

Estou voltando a reabrir este blog...

Passou muito tempo sem ca vir, muita coisa aconteceu em minha vida e no mundo... e nada me faz sentir melhor...

Estou fazendo sofrer e estão-me tambem fazer sofrer...

Meus verdadeiros amigos me querem ajudar mas eu simplesmente os tenho ignorado... Nao por mal eu é que me tenho afastado, sem querer, e por vezes eles nao percebem o que sinto, o que penso, o que estou vivendo e o porquê que quero ficar sozinha sem ter sempre o telemóvel a tocar... e eu nao sei como o dizer sem os magoar...

Ninguém me percebe e eu nao sei explicar...

e depois há aqueles que me deviam amar mas so servem para me deitar ainda mais abaixo... nao sei pk eles nao saem da minha vida, talvez porque iria sentir mt a sua falta mas a verdade é que eles estão-me a fazer muito mal...

 

Bem, as horas vao passando e eu ja devia estar a durmir mas tou naquela fase que nao me apetece... que estou indiferente a tudo...

 

By Blueye

Blueye:

blueye às 01:06
| Comenta
|

mais sobre mim...

pesquisar

 

meus últimos posts

Deixa-me ir...

O Sonho de uma noite de V...

Sensações

....

Á procura...

Um pouco de Blueye...

Meu Sonhador...

Outra vez....

A dor Voltou...

Um ano...

arquivos

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds