Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Sinto....

 

Sinto-me vazia por dentro, sinto que já não sei nem percebo nada, que estou a ser levada por uma corrente mais forte que eu, mais forte que já não consigo lutar contra... sinto que simplesmente me estou a deixar levar...não consigo pensar, sinto que já não conheço ninguém, estou a deriva, os objectivos que outrora estavam presentes desapareceram como que evaporassem no nada... estou sem nada... sem alegria, confiança nada... sinto-me cansada, derrotada, sem forças para o que quer que seja... simplesmente precisava durmir por uma eternidade para descansar e acordar revigorada e cheia d forças para continuar... Sozinha e ao mesmo tempo acompanhada de mais... já não sou importante, se é que alguma vez fui... se prestassem atenção ao meu silêncio, se o ouvissem... iam entender tanta coisa... mas quem tenho que faça isso? que tente entender o meu silêncio? que queira dar apoio e força sem ouvir uma palavra? NINGUÉM... eu estou sempre aqui para quem me procura sempre com um sorriso e força para dar mas e eu? quem me dá força a mim? Quem me tenta ao menos tirar deste poço sem fim? Quem é que fica aqui do meu lado sem querer nada em troca? Sinto que preciso desistir de tudo o que alguma vez acreditei mas no fundo não consigo mas também não tenho forças para continuar esta caminhada onde não se sabe o destino, onde se anda as cegas sem nada... sem ver alguém para nos dar a mão, sem ver quem nos põe paus no caminho, quem nos puxa para os buracos... simplesmente sabemos que estamos sozinhos e pensamos que no fim encontraremos a saída mas só para nos dar motivos para não pararmos a meio, caírmos e não mais nos levantarmos......

 

 

 

By Blueye

 

 


blueye às 22:45
| Comenta | ver comentários (2)
|
Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Neste encontro de olhares...

 

Amor sem limites que ansiamos, misterioso, louco, intenso, sem significado, sem o percebemos mas o ansiamos cada vez mais... Paixão que nos aquece, que nos inspira...

Dois copos de vinho, a chama que sai da madeira... Falam sobre eles, sobre a vida e o que lhes vem a cabeça... Eles querem-se cada vez mais... Ninguém pode separar esta paixão que mesmo que tentem ir contra este sentimento eles continuam a sentir os dois cada vez com mais intensidade... Mas agora estão juntos, o momento é deles ninguém o pode roubar... Beijam-se levemente, amam-se como a muito tempo não o faziam... 

Por vezes quizeram desistir desta paixão mas não conseguiram mais tarde voltaram para os braços um do outro novamente...

Não pensam no futuro, porque este não lhes petence... mas o presente é deles e o passado também...

Nesse momento não pensam em nada... nada que poderá roubar esta paixão louca, nem dúvidas...

Nesta hora não há duvidas, receios, planos... simplesment há o olhar, o toque, o respirar, o gesto... não precisam de palavras, um lê os olhos do outro, quer o que o outro quer, sentem os dois o mesmo.... o tempo não tem limites, simplesmente se reduz a nada perante este amor, finalmente ele pára para eles, por causa deles...

Finalmente amam-se sem limites!!!

 

 

 

By Blueye


blueye às 22:36
| Comenta | ver comentários (1)
|
Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

Odeio-me

 

Odeio-me por ser assim... Odeio-me por ser eu própria... por não conseguir ver ninguém sofrer, odeio-me por fazer sufrer quem eu amo mesmo sem dar por isso, odeio-me por ser simpática, odeio-me por amar, odeio-me por não conseguir libertar a dor que há em mim, odeio-me por não dizer tudo o que vai cá dentro e se saísse fazia uma grande revolução, odeio-me por não reparar o meu coração com medo das recções, de tudo ser descoberto, de deixar de ter segredos, odeio-me por sorrir quando quero chorar, odeio-me quando respondo que não é nada mas no fundo quero um ombro amigo pa dizer tudo o que vai cá dentro, odeio-me por chorar em silêncio, odeio-me por não mostrar o quanto eu sofro, odeio-me por adormecer a chorar... Odeio-me por perder quem é e foi realmente importante para mim... Odeio-me por não ser livre, por não poder sair daqui...

Simplesmente odeio-me por continuar a viver assim... em dor....

 

 

 

By Blueye

 


blueye às 20:52
| Comenta | ver comentários (3)
|

mais sobre mim...


ver perfil

seguir perfil

. 11 seguidores

pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

meus últimos posts

Deixa-me ir...

O Sonho de uma noite de V...

Sensações

....

Á procura...

Um pouco de Blueye...

Meu Sonhador...

Outra vez....

A dor Voltou...

Um ano...

arquivos

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

subscrever feeds